Projeto apresentado a Rueda tem carta branca para o técnico

Fechando com o Flamengo, Rueda terá carta branca para implementar seu estilo de jogo no elenco rubro-negro. Não será exigido ao técnico uma forma ofensiva de atuar.

Depois de analisar nomes no mercado nacional, o técnico colombiano foi o escolhido para comandar o Flamengo até o fim de 2018. O anúncio pode ocorrer ainda nesta quarta e a chegada do técnico ao Rio é esperada para esta semana. Não há pressa na negociação.

As conversas se intensificaram com Rueda na noite de segunda-feira. O treinador sinalizou positivamente à sondagem e viajou da Europa para Colômbia antes de dar uma resposta final ao Flamengo.

A direção explicou a Rueda o desejo de contar com o treinador até o fim de 2018, e que caso seja convidado após a Copa do Mundo para comandar a Seleção da Colômbia, não haverá empecilho.

Rueda traria dois auxiliares de sua confiança e respeitaria a estrutura do CEP (Centro de Excelência em Performance do Flamengo). O “sim” definitivo depende do acerto financeiro. A oferta inicial foi dentro da realidade brasileira, mas o treinador fez uma contraproposta. Restam as partes chegarem a um acordo.

Veja mais:

O post Projeto apresentado a Rueda tem carta branca para o técnico apareceu primeiro em Coluna do Flamengo - Notícias, colunas, contratações, jogos e mais.



from Coluna do Flamengo – Notícias, colunas, contratações, jogos e mais http://ift.tt/2vNHAe5

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rueda já definiu os titulares para clássico contra o Botafogo

Ex-goleiro da Seleção revela desejo de jogar no Flamengo

Juca Kfouri sobre a declaração de Jair Ventura: ‘Que coisa medíocre’

Valencia terá prioridade em possível negociação de Lucas Paquetá

PC Vasconcellos: “O exagero com os técnicos”

Vinícius Júnior explica dancinha e fala sobre amadurecimento

Mauro aponta ‘corporativismo previsível’ de treinadores após declaração de Jair Ventura

Reação do Fla com Rueda e mudança de comportamento. Veja o que bombou no Coluna hoje

Fla tem histórico de trocar de técnico e conquistar um título nacional no mesmo ano